quinta-feira, 21 de agosto de 2008

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Problema semântico

- Victor, você não quer mais comer o pão?
- Sim.
- Então come porque estamos atrasados!
- SIM: eu não quero comer o pão, mamãe!!!

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Daniel, o devorador de bananas

Daniel ADORA banana. Todos os dias ele come um ou dois exemplares dessa iguaria tropical. E não foi à toa que uma de suas primeira palavras foi "nâna". Bem, eu confesso que ele falava "nâna", mas eu nem de longe desconfiava do que se tratava: achava que era apenas um balbuciar na língua dos nenéns.

Eis que hoje, no café-da-manhã, veio a revelação.

Ele, apontando pro cacho de bananas, falava:
- Nâna. Dá!
- É banana que você quer, Daniel?
-Ja!!!

Ganhou a banana e saiu dando risadinhas vitoriosas com o suculento fruto nas mãos.

E a mamãe toda boba porque o "sotaque"foi de portugês:)))

domingo, 10 de agosto de 2008

Aprendendo a admnistrar as mulheres

Victor, quando recebia um beijo meu, depois de ter tomado banho e estar com os cabelos molhados:
- Que isso, gente????que mamãe mais cheirosa é essa?!
----------------------------X-----------------------X--------------------
Depois de fazer besteira e com carinha de cachorro sem dono:
- Desculpa, mamãezinha linda! eu num "faz " isso mais não!
----------------------------X------------------------X------------------
Victor, você acha que a mamãe tá gorda?
- Não! a mamãe é linda e gostosa!
---------------------------X-------------------------X-------------------
No Brasil, pra poder chamar a sua mamãe e não a mamãe do Noah:
- Mamãe do VIIIIIIIIICTOR!!!!!!!!!!!!!
-
-
-
-
-
-
Esse menino está sendo bem treinado ;)

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Olha a janta!

video

Daniel anda!

E já está expert no andar. Nem parece que tem menos de um mês que deu os primeiros passos :)


video

domingo, 3 de agosto de 2008

O orgulho masculino

- Mamãe! mamãe!
- O que foi?
- "Óia", mamãe, que periquitinho lindo eu "tem"!!!

--------------------x-----------------------x----------------

Outra do mesmo gênero:

- Mamãe, cadê seu periquito?
- Mamãe não tem periquito.
- Oooooh, Você perdeu seu periquito, mamãe? eu "ajuda"você a "poculá"!

Que idioma você fala com seu(s) filho(s)?