sexta-feira, 30 de abril de 2010

Pérolas recentes

Opa (avô) chega em casa e está conversando com Victor (em holandês):

- Victor, papa me contou que você já consegue falar um pouco de inglês por causa da escola. É verdade?
- Não é verdade não. Eu não falo "um pouco"de inglês; eu falo MUITO inglês e muito bem também.

Esse meu filho se acha um sabe-tudo! Só quero ver agora que ele decidiu ir pras aulas de francês também.

______X_______X______

Indo pro parque, de patinete (português):

- Victor, espera! Tem que parar antes de atravessar a rua e esperar pela mamãe! Aqui passa carro, bicicleta e é perigoso.
- Eu sei, mamãe! Vou esperar.

Da segunda vez:

-Victor, espera! Tem que esperar a mamãe chegar pra atravessar por causa dos carros e...
- Mamanhêêê, eu sei! Eu tenho 5 anos e sei de muitas coisas, não precisa falar de novo!!!

Não disse que ele se acha O sabe-tudo???

______X_______X______

Daniel, um dia depois de ter dito que não choraria mais pra ficar na creche na hora de dar "tchau" porque já tinha 3 anos (português):

- Ô, meu amor! Mas você está chorando? Ontem você me disse que já tinha 3 anos e não ia mais chorar pra dar "tchau" pra mamãe, não foi?
- É! Mas o "versário" foi ontem; hoje "cabô".

______X_______X______

Daniel é o irmão mais calmo, está sempre "zen". Victor é agitado e dramático, adora dar piti...rs rs rs
Dei de aniversário para Daniel um jogo da Dora pra ligar na TV; é como se fosse um vídeo-game educativo. Nem preciso dizer que tanto Victor quanto Daniel adoraram! Eu falei que era pra jogarem juntos, cada um por cinco minutos e depois tinham que dar pro irmão. Mas Victor, impaciente como sempre, não aguentou esperar cinco minutos e arrancou o controle da mão do irmão antes do prazo. Danielzinho não ficou afetado e nem reclamou, mas levantou calmamente e, com seu dedinho apertou o botão e desligou a TV; voltou para a cadeirinha, como se nada tivesse acontecido e passou a observar, ainda calmamente, o ataque de periquito que o irmão dava ao lado.
Nem é preciso mencionar que todos na sala não conseguiam parar de gargalhar, não é verdade?

Ai, é nessas horas que eu nunca estou com a câmera ligada! ha ha ha ha ha

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Daniel fez 3 anos!

Ontem, dia 25 de abril, Danielzinho, meu bebezinho, fez 3 anos! O dia foi muito ensolarado e fomos passar a tarde no parque. Oma e Opa vieram com presentinhos, assim como vários amiguinhos. À noite tiveram que ficar de molho na banheira e, mesmo assim, foi difícil tirar a sujeira toda dos pezinhos e joelhinhos. Hoje, segunda, foi o dia da festinha na creche. E como ele agora JÁ tem 3 anos, falou assim pra mim:

- Agora eu "tem"3 anos, não vou chorar pra você ir embora da creche, mamãe.
- Nossa, como você está um menino grande! Então agora a mamãe já vai, tá bom?
- Mas...ah...ah...hummm...snif...snif
- Mas meu amor, você não disse que já tem 3 anos e não vai mais chorar na hora de dar "tchau" pra mamãe?

Daí ele pára imediatamente, levanta os bracinhos e diz:

- Então dá mais muito beijo! E abraço!

Depois de uns 30 beijos e uns 10 abraços extra, ele realmente não chorou! E olha que essa deve ter sido a terceira ou quarta vez que acontece nesses 3 anos!






segunda-feira, 19 de abril de 2010

Domingo de sol

Essas fotos são de ontem, que foi o primeiro sol decente do ano. Deu até pra tirar o casaco! A primeira foi uma foto que Victor pediu pra tirar, porque estava todo orgulhoso de subir lá no alto! O vídeo está embaixo porque a mamãe não acertou de modo algum colocá-lo na frente das fotos. Deve ter algum truque, não?
Nem parecia forte, mas o sol queimou Danielzinho no pescoço, tadinho!



Victor e Daniel brincando com o amigo Luuk.


Daniel pensando no que fazer...
E esse é vídeo:
video

domingo, 18 de abril de 2010

Santo remédio!

Daniel ontem estava andando de bicicleta quando caiu e bateu a cabecinha na geladeira. Depois de devidamente consolado e ainda no meu cólo, ele explica:

- Mamãe, quando alguém cai a "zente"tem que dar muito beijo e abraço, né?



Ah, não é fofo? :):):)

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Lá vem a Mônica!

Gente, essa foi a primeira frase que Victor leu sozinho em português! Eu só não caí dura porque estava deitada na cama.
Todas as noites, ou eu ou o pai, os leva pra cama para ler um livro antes de dormir. Hoje foi minha vez e estamos lendo gibi da Turma da Mônica quase todos os dias porque eles adoram. Victor já havia escolhido a revistinha e, enquanto eu tentava arrumar Daniel, suas trocentas chupetas, mamadeira e 2 bichinhos de pelúcia de um lado, ele tentava ler do outro lado:

- Llllll-a vvvvemmm a Mmmmmônnnnicccca....Lá vem a Mônica!

- Onde você leu isso, Victor?

- Aqui, ó!

E daí ele me mostrou direitinho, palavra por palavra!

Victor já está alfabetizado, mas é em inglês! Essa foi a primeira vez que ele conseguiu ler os fonemas e formar uma frase em português. Vai ficar aqui na história pra que no futuro eu possa lembrar...he he he

terça-feira, 13 de abril de 2010

O primeiro fora

Bem, a Diovana, a professora assistente da turma do Victor me contou essa ontem, por email:

Eles estavam na fila pra entrada quando Diovana ouviu a Irmak, uma menininha muito linda da Turquia, choramingar, daí ela viu Victor segurando o rostinho da menina para beijá-la na boca. Ele já havia dado um e tentava o segundo; a menina choramingava, mas não resistia muito....coisa de menina...rsrsrs.

- Victor, você tem que perguntar se ela quer te beijar, não é assim.
- Mas se eu perguntar ela vai dizer que não!

Bem, mesmo não concordando com a "tática", ele não beijou mais à força e perguntou:

- Irmak, você quer me dar um beijo?
- NÃO!

Daí ele vira imediatamente de costas e pergunta à Hanna, outra menininha linda da Bélgica:

- Hanna, você quer me dar um beijo?


_____X_______X________X________

Bem, isso é o que se chama " dar a volta por cima" depois de um fora, certo? :)


Aqui está uma foto atualizada do meu pequeno Don Juan:


quinta-feira, 8 de abril de 2010

Confusão de nomes e línguas

- Mamãe, chama o papai pra mim?
- Papai! Vem aqui que o Victor tá chamando!
- Não é assim, mamãe: você tem que falar com papai em inglês. Chama ele em inglês!
- Tá bom. DAD! Come here!
- Não é assim, mamãe! Chama ele em INGLÊS.
- E como é então?
- É assim, ó: BERT!


Será que é por isso que ele diz que "M" é de escrever "Mamãe" e "B" é de escrever "Papai"? Ele acha que "papai"em inglês é "Bert"? ha ha ha ha

Que idioma você fala com seu(s) filho(s)?