sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

O exemplo é tudo

Recebi de um amigo um DVD do Dr. Karp que ensina a lidar com algumas situações do quotidiano infantil. Assisti só o comecinho, por pura falta de tempo de ver o resto. Uma coisa que me chamou a atenção foi ele ter dito que para se fazer entender pela criança, devemos usar sua prórpia liguagem, tanto verbal quanto corporal. Resolvi seguir o "conselho"e vejam no que deu:

- Mamãe, Victor que balinhas.
- Mamãe vai dar, mas só depois da janta.
- Victor quer BALINHAS! BALINHAAAAAS!!!!BUÁÁÁÁÁÁÁ!!! BALINHAAAAAS!!!
- Depois da JANTA! JANTAAAAA! JANTAAAAA!!!! BUÁÁÁÁÁÁ!!!

(Pausa para olhar estarrecido de surpresa infantil)

- Mamãe, malcriação é feio!!! hmf!
- Então vamos jantar?
- Sim. E quem comer tudo ganha balinha depois, né, mamãe?
- É.

Parece que funcionou :)

3 comentários:

Roberto disse...

fiquei alguns minutos imaginando vc fazendo pirraça...
hahahahahahahaha!

SimoneTnk disse...

Huahuahuhahua Dri!
Isso deve ter sido hilário!
Fala sério, vc ficou rindo sozinha e e escondido depois né?!

Pelo menos funcionou!

Dai disse...

Adri, me empresta esse dvd?

Que idioma você fala com seu(s) filho(s)?